terça-feira, 10 de março de 2009

Coisas que não entendo... no comércio!

Tenho "não entendido" várias coisas nesse mundo. Coisas simples que não é preciso ser nenhum gênio para entender. Então resolvi criar essa nova série de posts.

Hoje queria falar de coisas que não entendo no comércio aqui na Bahia. Talvez essas coisas não aconteçam só aqui, mas como não tenho viajado muito pelo país ou fora dele (rsrsrsrs), vou falar daqui.

1º. Por que quando a gente entra numa loja na qual as mercadorias estão expostas em vitrines um vendedor vem e diz: "Pode ficar à vontade, viu!"? Sério? Posso? Ahhh, eu estava preocupada em não poder andar pela loja e olhar as vitrines! Ufa! Que alívio!

2º. Por que, depois de nos deixar à vontade, o mesmo vendedor volta a cada 10 segundos perguntando o que a gente quer e dizendo: "Pode ficar à vontade, viu!"? PQP! Se o vendedor vem a cada 10 segundos mandar ficar à vontade eu não vou ficar! A impressão que dá é que, na cabeça dele está se passando o seguinte pensamento: "Ô, miserável, compra logo alguma coisa ou vai embora! Quero minha comissão e você está me atrapalhando!".

3º. Por que certos vendedores não sabem o que existe na loja e, ao serem perguntados por uma dada mercadoria respondem: "Acho que tem, mas parece que acabou!"? Essa é de querer estrangular um!

4º. Por que tem dono de loja que dá bronca no vendedor na frente do cliente e joga toda a responsabilidade do que acontece na loja no pobre? Isso é alguma estratégia de marketing? O cliente vai ficar mais inclinado a comprar depois de ver o vendedor ser humilhado e massacrado? Não sei vocês, mas eu fujo da loja e não volto mais!

5º. Por que se eu entro numa loja de sapatos usando um chinelo surrado o vendedor já acha que eu sou pobre lascada e não me atende bem? Será que não passa pela cabeça dele que eu fui com aquele chinelo para facilitar a retirada no momento de experimentar os sapatos da loja? E se eu sou pobre lascada e economizei o meu décimo terceiro para comprar o sapato dos meus sonhos à vista? Acabou de perder uma boa comissão!

6º. Por que uma loja coloca na parede o seguinte cartaz (esse eu vi numa loja em Ilhéus!)e acha que faz algum sentido?

Não aceitamos cheques.
Não aceitamos cartões.
Não vendemos fiado.
Não fazemos promissória.
Não fazemos duplicata.
Não trocamos mercadoria.
Não abrimos aos sábados.
Nosso objetivo é a satisfação total do cliente!

7º. Por que o vendedor diz: "Aqui, quem decide como pagar é o cliente!" e, quando você diz que quer pagar em 12 vezes, ele diz: "A gente só divide em 3, senhora."? Nesses momentos eu tenho vontade de enfiar a mercadoria goela abaixo do vendedor!

8º. Por que alguns vendedores não têm o mínimo de tato e vão lhe chamando de gorda e sem noção logo que entram na loja? Uma vez entrei numa loja de roupas jeans com uma amiga para ela comprar uma calça. Viu uma calça na vitrine externa que a interessou e perguntou o preço à vendedora. A resposta foi: "Não temos o seu tamanho, senhora". E virou as costas para nós!

9º. Por que essas lojas de departamento que têm cartão próprio (e ainda cobram anuidade!) colocam banners imensos e um sistema de som chamando o cliente o tempo todo para fazer seu cartão e, mesmo assim, você não tem paz de circular pela loja sem ser abordado por um promotor a cada 30 segundos? Aí, quando você explode e diz bem alto que não quer a porra do cartão ele te diz: "Não tenho culpa. É meu trabalho, senhora". E, por causa disso, eu tenho que ter um infarto dentro da loja? Dá vontade de mandar fazer uma plaquinha - e andar pela loja mostrando a todo mundo que vestir uma camisa da empresa - assim: "Enfie seu cartão no c*! Me deixe em paz que eu quero comprar sossegada!"

10º. Por que todo comerciante acha que seus clientes são todos ignorantes, tapados e não conhecem seus direitos? E só se dão conta que estão errados depois de tomar um par de gritos do cliente?


P.S.: Meus cumprimentos àqueles que não se reconheceram nessas 10 citações. Sei que vocês existem e são poucos! Tomara que eu os encontre mais vezes! hehehehe

Siga-me no Twitter e fique por dentro das novidades!

17 Comentários:

O bEM viVER disse...

Alcione, essas você "matou a pau".

Gostei muito. Nossa, como coisas similares acontecem, né? E olha, aind aontem eu fui ver umas toalhas de mão. Falei do tamanho e a moça ficou me fanendo perguntas, querendo saber se eu tinha salão (perguntou umas três vezes). Se eu bordava, se eu isso, se aquilo,...sorte dela que eu estava de bom humor.

Parabéns!


Lena

videodeviolao disse...

Tudo bem! Ficar enchendo o s..., e dizendo fique a vontade é chato prá burro, mas também entrar na loja e nem ser notado aí já demais.
Outro dia entrei numa loja chique ( digo isso porque não costumo entrar em tais lojas), para comprar um terno e fiquei lá perambulando pela loja com meu amigo e nada de alguém nos atender (também com nossa cara de pobre...)
Para encerrar a conversa , chamei um vendedor e fiz ele tirar um monte de terno até perceber que ele estava puto. Aí então peguei o primeiro que havia experimentado e disse na maior cara de pau:
__Vou levar este!
O cara só não me xingou porque estava levando uma boa comissão na venda, mas vontade ele passou!

Abraços

Gisela Melloso disse...

Olha, não me vi em todas, mas tem uma ali que me irrita muito... Dono ou gerente que briga com o vendedor na frente dos cliente, isso é muito desrespeito e a meu ver não é jogo de marketing não é falta de educação.

Os demais me vi em alguns sim, muito difertido seu texto, amei, tava dando uma espiada aqui no blog e gostei muito, serei sua seguidora á partir de agora.

Forte ABRAÇOOO
PS: Sinta-se a vontade ok?
rsrsrsrsrsrsr

Wander Veroni disse...

Oi, Alcione! Também não consigo entender isso...hehehe...aqui em Minas Gerais os vendedores tb fazem isso...ao invés de deixar o cliente à vontade, irrita. Gostei da lista!

Abraço,

=]

-------------------
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Bruninho disse...

Realmente .. tudo nessas observações faz sentido

kkk

Marton Olympio disse...

hahahah
ri demais.
bom texto. bem humorado, divertido, para cima.
o melhor ainda é aquele: tem, mas acabou. (haahahhaha)
São situações como estas que a gente entende o Michael Douglas em O DIA DE FÚRIA.

PARABÉNS!

E se quiser, apareça:
http://martonolympio.blogspot.com/

Inez disse...

Olhe tai coisas que também não consigo entender no comércio,principalmente nas ljas de sapato. Sei que os vendedores ganham comissão pelas vendas, mas não precisa exagerar né,vindo a cada 10 segundos nos dizer pra ficar a vontade.

Daniela Lima disse...

o q mais detesto é quando o vendedor fica te seguindo pela loja parecendo uma sombraaa...uixxx

raysa L. disse...

não faça compras em manaus, você verá que essas situaçoes comentadas ocorrem em 90% das lojas sdkjkasld.

Valci Pessoa disse...

- Eles não deixam as pessoas escolherem o que querem, quando ficam te seguinte é MA-RA, pense¬¬

Visita?
http://umdiarioinsano.blogspot.com/

Douglas disse...

E ai! Achei seu blog muito bacana e indiquei ele prum selo.
Dá uma olhada lá:
http://colhersopa.blogspot.com/2009/03/selo-laranja-o.html

Valeu!

luiz disse...

faz sentido
rsrs
xD

se puder
http://sonabrisa.nomemix.com/

Moura disse...

Pois é Alcione, infelizmente eu não sou daqueles poucos que existe, mas estou com você nesta multidão de clientes que são destratados, ignorados, e ...ados por aí afora.
Em alguns itens da lista não me contive e dei risada, afinal a vida já é séria demais por si só, não é mesmo?
Parabéns pela lista e pelo blog, voltarei mais vezes.
Saúde, paz e sucesso!
Bjoks,
Moura

Jaime Guimarães disse...

Acho que não tem coisa mais chata do que vendedor de lojas de calçados. Sei que eles precisam da comissão, mas se a pessoa parar na frente da da vitrine apenas para olhar um modelo de tênis ou sandália, imediatamente cola um vendedor ao lado:

- Bom dia, meu jovem. Pode ficar à vontade, dividimos em 3x no cartão, se quiser dar uma experimentada em qualquer modelo é só falar, dentro da loja temos outros modelos e blá-blá-blá

O cara não para de falar! rs

Isso acontece em Salvador, em São Paulo...em todo lugar. Parece que existe o "manual do vendedor de calçados" rs

Não gosto de gerentes que tratam mal seus funcionários; e também não gosto de ser mal atendido em uma loja. Eu também já fui de chinelão pra comprar um calçado. Fui tão mal atendido em uma no shopping Iguatemi que nunca mais voltei lá. E não volto mesmo.

abs

Alcione Torres disse...

Rapaz, quando eu invoco também não volto mais!

Juli disse...

Sil

Te ofereceram o cartão da loja quando tu foi a Vitória da Conquista, não foi?... kkkkkk

Alcione Torres disse...

Mil vezes!! kkkkkkkkk

Postar um comentário

Os comentários somente são publicados após moderação.
A partir de 11/02/2010 os comentários ANÔNIMOS serão todos REJEITADOS e sequer serão lidos.

Related Posts with Thumbnails

Seguidores

Comentários recentes

Twitter

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO