sábado, 1 de março de 2008

Tu

Aqui na Bahia, pelo que eu saiba, em todo lugar se fala VOCÊ. Mas na região de Jequié a gente fala TU.

Quando a gente não conhece direito a pessoa, ainda não pegou intimidade, chama de VOCÊ. Mas deu abertura, TU!

Mas não é aquele TU metido a besta: "TU VAIS", "TU FIZESTE", essas frescuras! A gente fala o TU errado mesmo!

Ex.: Olha, quando tu for para a faculdade, me dá uma carona?

E quando digo que parece que só se fala assim por essa região, é que já fui reconhecida pelo meu jeito de falar.

"- Você é de onde?

- Itagi, pertinho de Jequié.

- Está explicado! O povo de lá fala TU e não VOCÊ."

Eu só conheci uma pessoa que fala o TU direitinho, como manda a gramática. Uma professora que tive. Tem até uma história bem engraçada sobre um diálogo dela com seu marido, que é um homem simples, sem muita frescura. Para preservar os nomes, chamarei a professora de Rosa e o seu marido de Carlos.

"Marido acabando de chegar de algum lugar. Então ela pergunta:

- Chegaste, Carlos?

E ele, meio distraído responde:

- Da donde, Rosa?"

Siga-me no Twitter e fique por dentro das novidades!

5 Comentários:

Beatriiiz disse...

Amei o texto.
Olha, posso afirmar que não é só na sua cidade que se usa o TU de forma exagerada e errada, aqui no Rio a gente usa BASTANTE, muito mesmo.
Há muito tempo não falo você :D

adorei!

Se você gosta de comédia ou romance, não deixe de acompanhar minha estória. Ria, chore, fique com cara de paisagem, mas leia, tenho certeza que não vai se arrepender. www.meunamoradoimaginario.blogspot.com . (último post: dia 01/03 - Percepções, Capítulo III)
Não julgue o blog pelo nome, por favoor.
Obrigada :)

Fábio Buchecha disse...

Engraçado. Aqui em Recife todo mundo fala tu. Aliás, no estado todo se fala tu normalmente. O você é que parece metido =]

___________________________________
TemPraQuemQuer <<< Entra!

Nana Lopes disse...

Gosto de ouvir as pessoas de São Luiz do Maranhão que falam um português muito bem falado.Inclusive com os tu do jeito certo.Nao acho que seja frescura.Quem dera que dominassemos de verdade a ultima flor do Lácio...

Alcione Torres disse...

Nana, me referi à frescura pq se alguém fala do jeito corretíssimo, se destaca, como a professora do caso. Claro que seria bom se todo mundo falasse corretamente, mas nunca acontecerá isso! Falar é diferente de escrever e a linguagem falada é mais solta.

Catarino disse...

Informo a amiga que aqui no RS todos falamos TU, bem como você descreve ou seja sem a concordância verbal.

Postar um comentário

Os comentários somente são publicados após moderação.
A partir de 11/02/2010 os comentários ANÔNIMOS serão todos REJEITADOS e sequer serão lidos.

Related Posts with Thumbnails

Seguidores

Comentários recentes

Twitter

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO