domingo, 27 de abril de 2008

Coisas que vi em Salvador!



Morei dois anos em Salvador enquanto fazia o mestrado. Apesar de ser baiana da gema, Salvador é outra realidade! É outra lingua! É outra forma de pensar e agir! É outra cidade, que não se parece com nenhuma do interior da Bahia! Pelo menos as que eu conheço! rsrs

Confesso que não gostava da vida naquela cidade. Tudo muito longe, levava horas para chegar em algum lugar. Tudo muito mais difícil do que eu estava acostumada. Mas eu tinha que ficar, né? Fazer o que?

Então, fui morar na Liberdade. Imaginem que, na primeira semana, passando numa praça perto de casa, um cara me chamou de Gisele Bundchen. Acho que eu era a única branca do pedaço! Me senti um peixe fora d'água, mas isso não me desanimou. Se a coisa apertasse, eu providenciava logo um permanente afro para amenizar a situação!

Roubei um mapa turístico na lista telefônica de um hotel, para me localizar, e aos poucos fui descobrindo algumas coisas bem interessantes, principalmente daquele pedaço de cidade! Vou dar alguns exemplos aqui para vocês.

A rua principal da Liberdade se chama Estrada da Liberdade e eu passava por lá todo santo dia. Muito comércio, muito mesmo! Formal e informal. E fui decorando a ordem e os nomes das lojas sem perceber. Quase sempre estava tão cansada que não percebia certos detalhes. Um belo dia, passando por lá de busú, resolvi olhar mais profundamente aquelas lojas e aí descobri uma que me fez rir até chegar em casa! A loja se chama Banho Perfumado. O que vocês acham que vende lá? Todo mundo pensou em: sabonetes, shampoos, óleos para banho, cosméticos em geral para o cabelo e pele, não foi? Erraram! Lá vende bolsas e sapatos! E só descobri isso meses depois que cheguei! Ri até chegar em casa e até hoje não entendi o sentido daquilo!

Outra coisa muito esquisita: o Pero Vaz. Um local muito conhecido, muito falado e eu passava por lá 2 vezes na semana para a aula de inglês. Pegava o busú na Estrada da Liberdade e entrava logo na rua Pero Vaz. Como eu sempre olhava tudo para ir aprendendo a andar por lá, percebi logo uma coisa muito interessante. O busú seguia por uma rua "toda vida" (a Pero Vaz), fazia algumas curvas e, num certo momento, deixava aquela rua (que seguia por um bom pedaço ainda) e entrava em outra para chegar num centro comercial também muito movimentado chamado Tamarineiro. Vocês estão aí pensando: "Ela ía pela rua Pero Vaz e depois entrava em outra até o Tamarineiro. Qual o nome dessa rua?". Gente, a rua ainda era a Pero Vaz! Aquela que continuava um bom pedaço quando o busú entrava era outra rua! Esqueci o nome agora... Mas aí embaixo está um mapinha para vocês entenderem o que estou falando (tomara que entendam! rsrsrsrs). A linha azul é o percurso do ônibus. Outros lugares da cidade também são assim, como a Av. ACM com a Juracy Magalhães.




Esse texto tá ficando grande e ninguém vai querer ler... Mas vou falar rapidamente só de mais uma coisa: o Homem de Lata. Nas imediações do Barbalho, Nazaré, eu sempre o via. Um cara todo coberto de sucata, cheio de latas e outras coisas mais. Não sei como o chamam, mas eu o chamo de Homem de Lata. Dizem que ele fala que é um artista incompreendido e que a arte dele é aquela ali. Acho que nunca tomou um banho na vida!
Agora, a última coisa que queria falar sobre o que vi em Salvador: um povo muito gostoso, hospitaleiro, solidário. Isso você não acha em qualquer lugar. Apesar da violência, dos roubos, assaltos e tudo o mais, minha amiga desmaiava quase todo dia no busú (hipoglicemia) e nunca foi roubada! rsrsrsrs. Sempre acordava com as pessoas tentando ajudá-la da melhor forma.
Pois é, Salvador é assim, cheia de surpresas e um lugar muito especial. Mas, não posso deixar de dizer, agora no final, as palavras que eu e minha room mate dizíamos todo dia, depois de toda dificuldade que passávamos por lá: EU ODEIO ESTA CIDADE!! kkkkkkkk Não pela cidade, pois já mostrei aí em cima, como ela é deliciosa, mas por ser uma cidade grande com todos os problemas de cidade grande. E por eu ter morado lá sem dinheiro e sem carro! rsrsrsrsrsrsrsrs E, por isso, coloco essa trilha sonora, a minha trilha sonora em Salvador, já que meus problemas maiores naquela cidade se resumiam ao fato de ter que pegar ônibus!

Siga-me no Twitter e fique por dentro das novidades!

9 Comentários:

Euzer Lopes disse...

Salvador é uma cidade que instiga. Confesso que saí de lá como um garoto que sai do baile e não esquece aquela garota que conheceu, dançou com ela e no fim da noite tiveram um beijo.
Ficam o resto do ano esperando o carnaval chegar de novo para fazer o amor deles tentar sobreviver à próxima quarta-feira de cinzas

Luua disse...

AAh ameei isso, o banho perfumado e a rua que é nome de outra rua, ou num acaba, sei lah!!

Deve mesmo ser difícil morar em cidade grande, moro no interior de sp e aki é tudo tão fácil, sorte sua que pelo menos as pessoas lá tem um coração bom, porque onde eu moro, mesmo sendo cidade pequena, nunca vi tanta gente ruim, credo!!

http://euamonutella.blogspot.com/

O Fênix disse...

gostei do seu texto
uma visao diferente da classica visao de salvador
nao conheço a cidade mas achei legal

http://terradafenix.blogspot.com/

Fabio disse...

bem interessante o texto, como o fenix disse: uma visao diferente da classica visao de salvador

****************************** Jeferson Braga disse...

Finalmente, consigo comentar seu blog. Parabéns, é bem estruturado.

André Nascimento disse...

[b]Ahahaha adorei suas divagações e bipolaridade entre o bom e o ruim de Salvador, por mais que você não curtisse tamnto foi uma experiencia de 2 anos que os estudos sempre porpocionam , tneho vontade de ficar lah um tmepo, um mês talvez sem me empolgar como vc.
hehehe
Beijos.

salivaabsinto disse...

Gostei do mapa
xD
muito bom o texto!!
Salvador deve ser msm muito lindo,tenho vontade de ir ai!!!
bjao

Beline disse...

Essa dicotomia soteropolitana não exclusividade sua nêga... rs Quando voltei de Salvador eviatava responder a pergunta "E ai, gostou da cidade?" è dificil dizer sobre Salvador, porque é dificil compreende-la, mas não é possivel que milhôes de baianos estejam errados. heheeh

Rafael Tupiná disse...

aaaaaaaaaaaaaa salvador !!!

q vontade de conhecer !!!

da um look no meu blog tbm
http://culturatups.blogspot.com/

bjos

Postar um comentário

Os comentários somente são publicados após moderação.
A partir de 11/02/2010 os comentários ANÔNIMOS serão todos REJEITADOS e sequer serão lidos.

Related Posts with Thumbnails

Seguidores

Comentários recentes

Twitter

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO