domingo, 29 de junho de 2008

Polícia X tráfico

Uma coisa que tem me incomodado muito ultimamente é essa situação de guerra que ocorre, principalmente, no Rio de Janeiro e em São Paulo. É inacreditável a que ponto chegamos. Os cidadãos de bem são obrigados a ficar presos em suas casas enquanto os bandidos tomam as ruas, locais de convivência e tudo a que todos nós temos direito, mas não podemos usufruir plenamente.

Mas o que me revolta mesmo e me faz escrever esse texto é que sempre vejo as manifestações dos moradores de favelas contra os policiais e os militares que sobrem o morro para tentar acabar com as quadrilhas, prender traficantes, proteger a população de modo geral. Eu seria muito ingênua se afirmasse aqui que policiais não cometem excessos e não devem ser punidos por isso, mas eu nunca vi toda essa manifestação da população para protestar contra os traficantes que impõem toque de recolher, viciam e recrutam crianças e jovens para que o consumo e o comércio de drogas prospere, matam segundo suas próprias leis, tiram famílias de suas casas e as tomam para que se tornem quartéis do tráfico.

Dá para entender isso?

Conheço uma criança de 4 anos que está morando aqui na Bahia agora, foi acolhida por uma família daqui depois que perdeu sua casa em São Paulo. Quando alguém pergunta por que ela veio para cá, a menina responde: "O PCC tomou minha casa". A mãe não pôde fazer nada, tinha que ficar lá trabalhando e cuidando de outra filha doente e mandou a caçula para uma cidade pequena do interior da Bahia para não acabar morrendo em algum conflito dentro da favela. Além do mais, não tinham mais casa para morar, apesar de terem conseguido construir com o suor do seu trabalho.

Existem muitos casos como este, mas não vejo a população se revoltar, não vejo ninguém tentar defender seu espaço quando marginais atacam. Mas é só a polícia agir que aparece um monte de mãe chorando na TV, dizendo que seus filhos eram maravilhosos e foram presos ou mortos sem justificativa. Será que todas elas estão falando a verdade ou existem muitas que são até coagidas a fazer isso para que a polícia se afaste e deixe o caminho livre de novo para os bandidos? É o que me pergunto toda vez que vejo essas cenas na TV.

Até quando isso vai se sustentar? Até quando vamos viver como numa guerra? Até quando mocinhos vão virar bandidos e bandidos vão virar mocinhos nas telas da TV?

Siga-me no Twitter e fique por dentro das novidades!

13 Comentários:

H α ſ α η disse...

Haha

achei!

tava pensando que o link pra comentários era naquele 2 lá do lado do título
:P

Realmente, a situação do país está deplorável. As vezes penso que não vai mais ter volta...
Mas quem sabe, se as pessoas se unirem e exigirem leis mais rígidas, policiais mais ativos e políticos que saibam de alguma coisa, este país não dá um tranco e vai pra frente?
Espero ansiosamente melhoras. Ajudando, é claro, porque não se faz mudanças sentado.

^^

adorei seu blog











http://descriticas.blogspot.com/

Niltinho disse...

Aqui no Rio a coisa tá feiamesmo, mas infelizmente,ganha a confiança do povo carente aquele que faz por eles.

Um abraço.

Blog do Niltinho 2.0

TheoMoura disse...

Bom, Sou de Salvador, e oq vemos aki não é uma das melhores situaçoes.. Recente em um Bairro Daqui, chamado de Mussurunga, teve uma chaçina que infelismente morreu 07 pessoas de bem, nada com o trafico nem com policia.. Onde iremos Parar né?
Por incrivel que possa Parecer, no bairro que eu moro Morreu 2 pessoas, com envolvimento com Drogas ( Um Casal) Agora o Filho é orfão Duplo...
Como dim em um programa de Tv daki.. O Fumo Entrou.

Sombra, o Homem disse...

leis existem... o código brasileiro é relativamente bom!
o problema é a execução...
os baixos salários da policia tb fica apresentado nesse acontecimentos com o pessoal do exercito!!!


www.tirashd.blogspot.com
www.1irmao.blogspot.com

Flá Absolut disse...

É a realidade......... nem sei o que comentar

muito bom seu post :)

Alcione Torres disse...

Realmente, a coisa em Salvador também está feia! Vi uma reportagem sobre os traficantes que colocavam pessoas para fora de suas casas! Isso é uma audácia muito grande!
E como diria Varella, "me deixe, viu!".

Blogueiro - Leandro R. disse...

Realmente é muito bom existir blogs como o seu por aqui. Muito bom msmo!

Mas hein moça do Sarapatel! Entra na nossa comunidade:


http://www.orkut.com.br/Community.aspx?cmm=57401189

Khaos disse...

aah que massa!!
também sou baiano =)
bom,infelizmente um país com tanta diversidade cultural e natural vive uma crise dessas...
não sei mais pra onde vamos,nem o que fazer... é horrivel essas noticias parecerem comuns,hoje.
nunca pensei que meu orgulho em ser brasileiro tivesse limites.

muito bom texto!
=*

Autora disse...

Bem, eu tenho que concordar plenamente com cada linha do texto. Moro no Rio de Janeiro e vejo essa situação se repetir quase toda semana.

Eu fico pensando que é virtualmente impossível que até hoje a polícia só tenha prendido e matado pessoas totalmente inocentes que não têm nada a ver com o tráfico.

Claro, não estou dizendo que vez ou outra um inocente padeça. Mas, toda vez? Por favor!

A gente reclama que policial é corrupto mas não pára prá pensar que eles têm que subir morro e que isso acontece sob a mira de traficantes que usam armamento tão pesado quanto o da própria polícia. Trata-se de um conflito. O que esperar? Que o policial suba distrubuindo rosas enquanto são alvejados?

Ninguém faz tumulto quando um deles morre deixando mulher e filhos! Ninguém vê (o que eu já vi) que durante um conflito as pessoas continuam andando pelas ruas, despreocupadas, como se a bala adivinhasse que ela não é traficante.

Realmente é uma postura difícil de entender.

Daniel Leite disse...

Esta triste situação é determinada pelo preceito de que um mau elemento é capaz de causar pânico a vários bons. Fazer o mal é algo fácil, simples. O difícil é semear coisas boas. Por isso, as pessoas tem medo. Por isso, ninguém faz nada, visto que, por mais que seja interessante disseminar algo bom em benefício de alguém, todos querem proteger a própria vida. Por isso, então, a briga se limita a policiais e traficantes, e não deve cessar tão cedo.

Até mais!

molly disse...

legalll

Renê disse...

Ontem, 03.07.2008, vi na tv um dos tenetes envolvidos no caso dos trê rapazes que foram entregues aos traficantes. Chorava copiosamente de arrependimento. Ora, ele assumiu que entregou os garotos, então a polícia sabe quem são os traficantes. por que a polícia não os prende? Por que a população local não vai às ruas fazer manifestação contra os traficantes?
Por que a imprensa não sobe o morro e denuncia? Por que eu ainda assisto tv?

Debora Martins disse...

Ô Alcione,

Obrigada pelo carinho em aceitar meu desafio.
Sua postagem me surpreendeu, sim!
Realmente, além de surpreendente é muito revoltante.
Eu moro em SP e não é brincadeira, não!

Um forte abraço,
Débora Martins
*******************
"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis."
- Fernando Pessoa

Postar um comentário

Os comentários somente são publicados após moderação.
A partir de 11/02/2010 os comentários ANÔNIMOS serão todos REJEITADOS e sequer serão lidos.

Related Posts with Thumbnails

Seguidores

Comentários recentes

Twitter

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO